Os Segredos que NÃO deixam Vazar - Parte 2

Cuidado com a indústria do inglês!


Mito 1 - Aprender gramática antes de falar inglês 
Este é certamente a pior e mais comum estratégia adotada por quem quer falar inglês e pelos cursinhos de inglês tradicionais. Você conhece alguém em qualquer parte do mundo que tenha aprendido as regras gramaticais de um idioma antes de aprender a falar.

Pense bem: Americanos aprendem gramática na escola para escrever bem e dominar a norma culta do idioma, e não para aprender a falar. Esta estratégia falida tem enriquecido as escolas de inglês e impedido VOCÊ de falar inglês de verdade, Chega de Verbo To Be!


Mito 2  - Memorizar palavras é a chave para fluência 
A memorização de longas listas de vocabulário irá lhe ensinar palavras em inglês, mas não como combiná-las corretamente em frases coerentes.Não adianta saber milhares de palavras isoladamente. Quando um falante nativo fala, ele não pensa em listas de palavras para se comunicar. Geralmente quem adota esta estratégia pensa muito antes de falar alguma coisa, pois tenta mentalmente se lembrar das palavras que memorizou. Esta estratégia é ineficiente e, além de tudo, torturante.


Mito 3- Aprender a ler antes de ouvir é o correto
Através da leitura em língua inglesa você aprenderá como o inglês é escrito, mas não falado. Aprender assim produz uma grande deficiência na capacidade de pronunciar e de entender o que outros falam. 

Muitas pessoas são capazes de ler uma frase, mas não conseguem identificá-la quando um nativo a reproduz e também não conseguem reproduzi-la com boa pronúncia. Se você quer ficar fluente em inglês de verdade este não é o caminho.

Mito 4 - Estudar inglês através de livros dá resultado
O inglês dos livros não é o da vida real. Eles foram elaborados para lhe ensinar a ler e não a falar inglês. Por isso, a grande maioria dos alunos de inglês afirma ter uma noção de inglês escrito, mas tem sérias dificuldades para entender com os ouvidos. Se você deseja estudar inglês, os livros tradicionais podem te ajudar, mas se deseja falar e pensar em inglês, então você precisa de conteúdo da vida real.

Mito 5 - Matricular-se em uma escola cara de inglês resolve tudo 
Se você dispõe de bastante dinheiro e tempo esta estratégia é perfeita para você. Os cursos de inglês tradicionais são dispendiosos e foram elaborados para durar anos - quanto mais, melhor - hehe! Além disso, muitos deles não aplicam conceitos modernos e ensinam o idioma através de práticas obsoletas. O famoso método “Ouça e Repita”. As escolas tradicionais vendem um nome, uma marca e não resultados.

CUIDADO! Se você fizer isto JAMAIS irá ficar fluente de verdade!

Desculpe a força da expressão, mas é a mais pura verdade. Nas escolas de inglês todos sabem que só uma ínfima maioria de pessoas irá realmente aprender. Desde as secretárias até a senhora do cafezinho sabem esta verdade. Sabe por quê? Por que eles convivem com as pessoas diariamente e conhecem a realidade dos bastidores que se escondem por "ética profissional".

Eles defendem com unhas e dentes o sistema que injeta milhões na conta deles, pois nada é mais sagrado do que o santo lucro que você lhes rende durante sua longa e tediosa estadia, quer você aprenda falar inglês ou não.

Quer tirar prova disso? Basta fazer uma aula teste em qualquer destes cursinhos por aí e, enquanto, espera na recepção pergunte aos alunos quantos anos estão ali e se já estão falando inglês como gostariam. Prepare-se para a dura realidade nua e crua. VOCÊ VAI SE ASSUSTAR! Mas eu tenho plena convicção que você já deve ter experimentado isto, infelizmente, e sabe que as respostas são desanimadoras...

Site: inglesconnection.com.br
Curta nossa página: facebook.com/RubemFreitas.Coach
WhatsApp: 91 98236-7776
YouTube: youtube.com/rubemfreitas
Snapchat: rubem.freitas


Deixe o seu comentário abaixo.